Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

21
Mai18

Uma citação por semana #21

Charneca em flor

We pass and dream. Earth smiles. Virtue is rare.

Age, duty, gods weigh on our conscious bliss.

Hope for the best and for the worst prepare.

The sum of purposed wisdom speaks in this.

                                                    Alexander Search, heterónimo inglês de Fernando Pessoa

Um dos poemas que descobri graças a este projecto musical

03
Mai18

Genius: Picasso

Charneca em flor

Na passada 5a feira, estreou no canal National Geographic português, a 2a temporada da série Genius. A primeira tinha sido sobre a vida de um cientista brilhante, Einstein. Achei a primeira temporada espectacular. Na altura, fiquei a pensar se iriam fazer mais temporadas e em quem seria o retratado. Como sou hiper-distraída não me tinha apercebido de que tinha estreado uma nova temporada. Obrigada, gravações automáticas (outra invenção brilhante 😁). Desta vez, a National Geographic traz-nos um génio da pintura, Pablo Picasso. 

No dia 26 de Abril, transmitiram 2 episódios. Avassalador. A fotografia do filme é maravilhosa, as cores, a captação das imagens, o encadear da história, os avanços e os recuos da vida de Picasso (um método já usado na primeira temporada), está tudo muito bem feito. A série é protagonizada por António Banderas, conterrâneo do artista. Nasceram ambos em Málaga. A série está mesmo muito bem feita. Logo no primeiro episódio foi mostrado como nasceu o famoso quadro "Guernica", o que lhe deu origem e o porquê de ser uma peça  tão diferente do resto da obra. Para quem já a viu ao vivo, é ainda mais especial.

1ae12e439454b805e232cd3fab04a8eb_original.jpg

Estou ansiosa pelo próximo episódio.

 

P.S. - Ao que parece já há tema para a próxima temporada, Mary Shelley, escritora inglesa, autora de Frankenstein. Veremos se também dá uma história fascinante como as 2 primeiras temporadas.

30
Abr18

Uma citação por semana #18

Charneca em flor

"Não eram ciúmes, amor, mas sim exigência da tua plenitude, da tua totalidade. Agora já te arei inteira, semeei-te inteira, abri-te e fechei-te, agora és minha. Para sempre!"

 

                                                                                           Pablo Neruda, Cartas de Amor

23
Abr18

Uma citação por semana #17

Charneca em flor

Na semana em que se comemora os 44 anos da Revolução dos Cravos, um poema de Manuel Alegre, uma das maiores vozes que cantaram a liberdade

 

Abril de Abril

Era um Abril de amigo Abril de trigo
Abril de trevo e trégua e vinho e húmus
Abril de novos ritmos novos rumos.

Era um Abril comigo Abril contigo
ainda só ardor e sem ardil
Abril sem adjectivo Abril de Abril.

Era um Abril na praça Abril de massas
era um Abril na rua Abril a rodos
Abril de sol que nasce para todos.

Abril de vinho e sonho em nossas taças
era um Abril de clava Abril em acto
em mil novecentos e setenta e quatro.

Era um Abril viril Abril tão bravo
Abril de boca a abrir-se Abril palavra
esse Abril em que Abril se libertava.

Era um Abril de clava Abril de cravo
Abril de mão na mão e sem fantasmas
esse Abril em que Abril floriu nas armas.

Manuel Alegre

16
Abr18

Uma citação por semana #16

Charneca em flor

Nisto, avistaram trinta ou quarenta moinhos de vento que há naquele campo e, logo que D. Quixote os viu, disse ao escudeiro:

- A boa sorte guia as nossas coisas melhor do que poderíamos desejar; porque vês além, amigo Sancho Pança, onde se avistam trinta ou pouco mais descomunais gigantes, com que tenciono travar batalha e tirar a vida a todos, com cujos despojos começaremos a enriquecer; pois esta é uma guerra justa e um grande serviço a Deus tirar tão má semente da face da terra.

- Que gigantes? - disse Sancho Pança.

- Aqueles que ali vês - respondeu o amo - de braços compridos, que alguns costumam ter braços de quase duas léguas.

- Olhe vossa mercê - respondeu Sancho - que aqueles que além se vêem não são gigantes, mas moinhos de vento, e o que neles parecem braços são as velas que, movidos pelo vento, fazem girar a pedra do moinho.

- Bem se vê - respondeu D. Quixote - que não tens experiência de aventuras; eles são gigantes; e, se tens medo, sai daí e põe-te a rezar enquanto vou atacá-los numa feroz e arriscada batalha.

                                  Miguel de Cervantes, D. Quixote de la Mancha

 

Na vida, seremos mais D. Quixote ou mais Sancho Pança?

02
Abr18

Desafio Uma citação por semana #14

Charneca em flor

O vento abria caminho por entre as folhas e saía das árvores completamente carregado com um perfume de botões e flores. As pessoas andavam um pouco mais depressa e respiravam com mais força porque havia ar em abundância.

                             Boris Vian in L' Écume des Jours

 

Uma citação de um autor francês para assinalar o início de mais uma aventura por terras gaulesas.

Mais sobre mim

foto do autor

Livro do momento

Ebook do momento

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D