Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

O Children, Nick Cave and Bad Seeds

Charneca em flor, 05.09.22

No sábado passado, tive o privilégio de assistir a um magnífico concerto na primeira edição do festival Meo Kalorama. Refiro-me a Nick Cave and the Bad Seeds. É difícil destacar uma música em detrimento das outras mas a música que partilho hoje é uma das minhas preferidas. Nesta versão, Nick Cave é acompanhado por um coro encantador formado por crianças (children).

Boa semana.

 

O Canto de Aquiles, Madeline Miller

Charneca em flor, 02.09.22

IMG_20220822_094509.jpg

 

"O Canto de Aquiles" foi o 2° livro da leitura conjunta de que falei aqui. Nunca li clássicos da mitologia grega como a Odisseia ou a Ilíada. O meu vago conhecimento sobre este tema provém daquilo que aprendi na escola sobre a civilização grega bem como dos inúmeros filmes que existem sobre isso. Apesar de, academicamente, ter enveredado pelo campo das ciências sempre gostei de História bem como da abordagem ficcional à História. 

Em relação a este livro, tinha ouvido falar sobre ele muito vagamente mas não tinha uma ideia concreta sobre o tema. Parti para a leitura de mente e coração abertos. Tenho que dizer que foi uma viagem e tanto. 

As duas personagens centrais são Aquiles e Pátroclo. São ambos príncipes gregos, da mesma idade mas não podiam ser mais diferentes em todos os aspectos. Aquiles é filho de um dos mais lendários reis da Antiguidade e de uma deusa, é belo, veloz e forte, considerado "o melhor dos gregos". Pátroclo é um príncipe de um reino menor, desajeitado, e sem grande talento para batalhas que, por contingências da sua vida, é exilado para o reino de Aquiles onde são criados juntos. A amizade deles surge de forma inesperada para intensa até que se torna num sentimento mais profundo. O amor que os une será posto à prova quando todos os heróis da Grécia são convocados para cercarem Tróia de forma a resgatarem a mulher mais bela da Grécia, Helena de Esparta.

Madeline Miller reinterpretou as lendas da mitologia grega e construíu uma história linda e comovente. Mais do que sobre a célebre Guerra de Tróia, "O Canto de Aquiles" é uma história comovente nos ensina que, seja de que forma fôr, o que importa é o amor. A autora escreve muito bem e, mesmo com tantos personagens acessórios que vão surgindo, é muito fácil seguirmos o enredo, entrarmos na história e relacionarmo-nos com ela.

Só alguém com o coração muito empedernido não se deixará encantar por Pátroclo e Aquiles. Eu devo confessar que as personagens que podem parecer mais desajeitadas, como Pátroclo, são as que mais me apaixonam. 

"O Canto de Aquiles" terá lugar de destaque na minha lista dos melhores livros que li em 2022.

"Comemos, e dirigimo-nos para o rio para nos banharmos. Eu saboreava o milagre de poder observá-lo abertamente, e apreciar jogo das partículas de luz nos seus membros, a curvatura das suas costas quando mergulhava sob as águas. Mais tarde, estendemo-nos na margem do rio, estudando novamente as linhas dos nossos corpos. Isto e mais isto e mais aquilo. Éramos como deuses na alvorada do mundo, e a nossa alegria era tão cintilante que não conseguíamos ver mais nada a não ser um ao outro."

 

Pág. 2/2