Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

Desafio de escrita dos Pássaros tema #15

Alerta, alerta, o Pai Natal reformou-se

Charneca em flor, 20.12.19


Alerta CM: O Pai Natal decidiu reformar-se. O Natal de milhões de crianças pode estar comprometido. Falta pouco mais de uma semana para a véspera de Natal. Quem é que irá distribuir os presentes?


Rudolfo, a rena, carregou no comando da televisão para mudar o canal. O nariz estava ainda mais vermelho e reluzente, tal era a raiva.
- Como é que aqueles fulanos conseguiram descobrir a reforma do Pai Natal. Tudo se fez para encobrir o acontecido. Só pode ter sido aquele Nicolau a divulgar a notícia. Adora aparecer. – bufou Rodolfo. – Deixa cá ver se o anúncio já tem muitas respostas.


Anúncio: Procura-se profissional qualificado para tarefa delicada. Qualificações mínimas requeridas: Carta de condução de veículos de tracção animal. O candidato deve gostar de crianças, ter bom coração e acreditar na magia do Natal. Disponibilidade imediata. Os interessados devem enviar um email para info.laponia@gmail.com e dirigir-se ao escritório do Pai Natal na Lapónia.


- Ó, meu rico São Nicolau. Tantas respostas. Acho que vou ter uma tarefa bem difícil pela frente.
Enquanto isso, no escritório do Pai Natal, os candidatos amontoavam-se à entrada dificultando a entrada da rena Rudolfo.
- Com licença. Têm que me deixar passar para podermos começar com as entrevistas. Não há tempo a perder.
Os aspirantes a Pai Natal abriram alas para o entrevistador passar. O recrutamento ia iniciar-se, finalmente.
Rudolfo entrevistou dezenas de candidatos enfadonhos que não traziam nada de novo à função. Já que era para mudar que fosse para um Pai Natal ainda mais especial que o anterior. Até que entrou uma pessoa bem diferente na sala. Rudolfo olhou estupefacto para quem estava à sua frente. Em vez de um velho barrigudo de barbas brancas, Rudolfo olhava para uma quarentona bem conservada e cheia de curvas.
- A senhora deve estar enganada. Eu procuro um Pai Natal. A senhora é uma mulher e isso desqualifica-a para a função. Lamento que tenha perdido o seu tempo, senhora…
- Charneca em Flor. Não há nenhum engano. O Sr. Rudolfo já ouviu falar em paridade? Os homens e as mulheres têm direito a oportunidades iguais. Já está na altura de ser uma Mãe Natal a distribuir os presentes às crianças.
- Paridade? Ideia interessante. Fale-me mais de si. Se calhar, a ideia de uma Mãe Natal não é assim tão disparatada.
E foi assim que a Charneca em Flor conseguiu ser escolhida para Mãe Natal.

 

Para ler mais textos deste desafio é só passar por aqui.

Feliz Natal

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.