Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

Passa-Palavra #saudade

Charneca em flor, 02.10.20

Para esta semana, concebi uma reflexão sobre essa palavra tão portuguesa, Saudade proposta pela Mula e pela Mel (M&M)

Reflexões em dó maior

Não sei o que é isto que sinto cá dentro. Será uma dor? Um vazio? Um buraco negro? Sinto que me falta sempre qualquer coisa mesmo nos momentos felizes. De vez em quando, relembrando instantes passados, o vazio aumenta, o buraco torna-se ainda mais negro e as melodias soam mais tristes.
Na minha memória surgem, como personagens num filme, todas as pessoas que conheci e que desapareceram da minha vida. Ou porque morreram ou porque a vida nos afastou irremediavelmente. Ao mesmo tempo que me fico feliz quando me lembro de histórias bonitas que vivemos, abre-se a ferida da ausência.
Às vezes também sinto falta daquilo que não vivi, daquilo que nunca aconteceu por maior que fosse o meu querer. Será possível?
Nunca mais consegui preencher este espaço que ocupa a minha alma. Por mais amor que ali derrame, nunca fica a transbordar.
Todos os dias me levanto e me deito com esta companhia. Sim, a saudade é a minha melhor amiga porque nunca me abandonou.

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.