Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

Livros de Cabeceira e outras histórias

Todas as formas de cultura são fontes de felicidade!

Fim, Fernando Daniel e Carolina Deslandes

Charneca em flor, 24.01.22

Letra linda, música harmoniosa e duas vozes maravilhosas, tudo ilustrado com um vídeo que prima pela simplicidade. Gosto muito de duetos e este é um dos melhores que ouvi nos últimos tempos. "Fim" faz parte do álbum do autor, "Presente", lançado em 2020. Este trabalho foi reeditado, recentemente, com o título "+Presente" e dele faz parte esta nova e emotiva versão da música "Fim" bem como outro 2 duetos incríveis.

Boa semana.

L' Enfer, Stromae

Charneca em flor, 17.01.22

O belga Stromae não é um músico muito conhecido em Portugal mas eu já o conheço há alguns anos. Penso que o descobri numa das viagens que fiz a França onde ele é muito famoso. O seu estilo passa pela música electrónica e pelo hip hop. Uma das sua músicas mais conhecidas é "Papaoutai" (Pai, onde estás). Stromae é filho de mãe belga e de pai ruandês mas teve muito pouco contacto com o pai que morreu no genocídio do Ruanda em 1994. 

O músico esteve alguns anos sem lançar novas músicas devido a um problema de saúde. Esta semana lançou "L' Enfer" cuja letra nos desperta para a problemática da saúde mental, que se deteriorou muito devido à pandemia, e do suicídio. Gosto muito da sonoridade e a letra é muito interessante. Faz-nos pensar.

 

Medo, Terno Rei

Charneca em flor, 03.01.22

Na última semana de 2021, como estava de férias, distraí-me e acabei por não publicar a música à 2a feira como era habitual. 

Hoje voltamos à programação musical para iniciar a semana. Assim começamos com "Medo" que é algo que todos sentimos nos 2 últimos anos.

Boa semana.

Mais ou Menos Isto, Rita Rocha

Charneca em flor, 20.12.21

A Rita Rocha foi uma das participantes que mais deu nas vistas no último The Voice Kids logo a partir da prova cega onde cantou enquanto tocava harpa. Parecia mesmo um anjo descido dos céus. A sua dedicada mentora foi Carolina Deslandes levando-a à final embora não tenha sido vencedora. No entanto, Carolina Deslandes nunca mais deixou de a acompanhar e apoiar. Rita Rocha, apesar da sua juventude, prepara o seu EP que sairá em 2022 mas já podemos conhecer o single de estreia. "Mais ou Menos Isto" tem letra de Carolina Deslandes e Bárbara Tinoco. A música conta com a colaboração das duas letrista bem como dos músicos Feodor Bivol e Agir que também assinou a produção. 

A voz da Rita Rocha é celestial e a canção conta uma história tão verdadeira e real e que deve ter acontecido a todos os jovens, e não só, a história de um amor não correspondido. Lindo.

Boa semana.

 

O Principezinho, João Afonso

Charneca em flor, 13.12.21

O músico João Afonso lançou um trabalho fantástico que junta 2 artes que eu adoro, música e livros. O cantautor português pegou nalguns dos livros da sua vida, musicou-os e, com a colaboração de escritores, fotográfos e artistas plásticos, criou um maravilhoso objecto, excelente sugestão de presente para o Natal que se aproxima. 

Hoje partilho o vídeo d' "O Principezinho", um dos livros da minha própria vida

Boa semana, com muita música e boas leituras.

Povo que cais descalço, Dead Combo

Charneca em flor, 06.12.21

Hoje não trago uma música nova. Antes pelo contrário, este vídeo tem 8 anos. No último sábado, faleceu Pedro Gonçalves, uma das metades dos magníficos Dead Combo. Apesar de eu valorizar muito as letras das canções, é impossível ficar indiferente à força das músicas tocadas pelos Dead Combo. E a melhor maneira de homenagear um músico quando nos deixa fisicamente é continuar a ouvir e a partilhar a sua música 

Boa semana.

Esquinas, Dino d' Santiago e Slow J

Charneca em flor, 29.11.21

Dino d'Santiago nasceu na Quarteira, filho de pais cabo-verdianos. Começou a cantar, ainda na infância, no coro da igreja uma vez que pertence a uma família profundamente católica. Nos anos 90, tomou contacto com o Hip Hop, começou a colaborar com rappers quarteirenses e a compôr. Mais tarde participou na Operação Triunfo e trabalhou com alguns dos mais conhecidos artistas da área do Hip Hop, do R&B e Soul como, por exemplo, Virgul, Expensive Soul ou Sam the Kid.

Já lançou vários discos a solo e foi premiado variadíssimas vezes, quer a solo quer quando fazia parte de bandas. 

As suas raízes cabo-verdianas, o seu contacto com vários músicos e estilos musicais, as reflexões que fez sobre a sociedade em que vivemos ou a História de Portugal, intimamente interligada com a História de África, conduziram ao brilhante trabalho que lançou na passada semana, "Badiú".

Gosto muito da sonoridade das suas músicas que têm vindo a ficar cada vez mais ousadas no que diz respeito às letras.

Assim escolhi esta "Esquinas" para dizer que gosto muito do Dino d'Santiago

Espero que gostem.

Boa semana 

Visita de Estudo, António Zambujo

Charneca em flor, 22.11.21

Esta música já não bem nova porque está integrada no disco de António Zambujo, "Voz e Violão" que saiu no passado mês de Abril mas o vídeo é tão bonito que eu tinha que o partilhar.

Acresce que a letra desta canção foi escrita pela brilhante Maria do Rosário Pedreira. Numa canção deveríamos dar igual importância ao intérprete, ao compositor e ao letrista. Só a união do esforço de todos é que consegue construir uma boa canção. Regra geral, atribui-se o êxito ao intérprete mas sem os outros intervenientes, incluindo os técnicos ainda mais esquecidos que os autores, nada seria possível.

Eu gosto sempre de saber quem contribuiu para as músicas. Vou sempre espreitar a ficha técnica, curta no Spotity mas mais desenvolvida no Youtube.

 

Se não me amas, Elisa

Charneca em flor, 15.11.21

Elisa era uma quase desconhecida do grande público quando ganhou o Festival da Canção em 2020. Por culpa da pandemia, acabou por não ir à Eurovisão uma vez que o certame não se realizou no ano passado.

Elisa é madeirense, dona de uma voz cristalina e uma presença luminosa. Em todas as suas interpretações fica patente a entrega que põe em cada canção. Na semana que passou lançou o seu primeiro álbum com 12 canções. A jovem participou na composição da maioria das músicas, quer a nível da letra quer da música, tornando o seu álbum ainda mais pessoal.

No entanto, o single que marca o lançamento do álbum tem como autora Luísa Sobral, uma artista com reconhecido valor. 

Esta feliz união resultou nesta maravilha 

Boa semana.